Fuga e Assimilação em Plotino

Rafael Vieira Gomes

Resumo


Este trabalho procura apresentar uma leitura dos conceitos de Fuga (phyge̅́) e Assimilação (homoíosis) em Plotino, em sua exegese de Platão, tendo em vista certo debate e interpretação que oscila entre uma abordagem “literalista” e uma compreensão alegórica do percurso assinalado por estes termos. Qual é o significado da “jornada” de Fuga e Assimilação em Plotino? “Fugir daqui” corresponde a uma espécie de negação do corpo, do mundo e dos sentidos, como entenderam alguns comentadores, ou os textos nos possibilitam outra leitura? E a Assimilação, como unificação (hénosis) a deus, o que significa, como se dá e como é possível?


Palavras-chave


Fuga; Assimilação; Virtude; Unificação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.