Alguns aspectos sobre o direito natural na Ética a Nicômaco de Aristóteles (EN, V, 10, 1134b18 – 1135a5)

Jefferson Luiz França

Resumo


Este artigo propõe discutir a teoria do direito natural formulada por Aristóteles na obra Ética a Nicômaco (EN, V, 10, 1134b18 – 1135a5) e a tese proposta é de que, mesmo dando especial destaque à singularidade da ação e à concretude da vida, o Estagirita busca um eixo invariável e universalizável como exigência articuladora da diversidade própria da natureza humana em refutação à perspectiva sofista que tanto combatia.

Palavras-chave


Aristóteles; Direito natural; Mutabilidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.