O Tempo na narrativa platônica da criação: o Timeu

José Gabriel Trindade Santos

Resumo


A cosmologia proposta no Timeu visa a dupla finalidade de criticar o naturalismo grego e compatibilizar o mundo visível com a teoria das Formas, introduzindo uma série de conceitos reformuladores da tradição. Assente no pressuposto dualista de que a mutabilidade sensível nasceu do modelo eterno, perfeito e imutável, das Formas inteligíveis (28a-31b), a narrativa platónica harmoniza os mundos opostos e coexistentes, dominados pelo teleologismo da Inteligência (nous) e mecanicismo da “causa errante”. É o que este texto pretende expor.

Palavras-chave


cosmologia antiga;tempo; dualismo; Teleologia

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.