Albert Camus: temporalidade e natureza humana

Gabriel Ferreira da Silva

Resumo


Pretendemos, neste trabalho, mostrar alguns aspectos da análise camusiana da temporalidade no registro dos conceitos de Absurdo e Revolta, sobretudo como caminho possível para o estabelecimento do conceito de Natureza Humana, fundamental para sua ontologia do humano, a partir do qual Albert Camus empreende todo seu pensamento ético, estético e metafísico.

Palavras-chave


Albert Camus; temporalidade; Natureza Humana; existência

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.