Invectiva e sátira: uma abordagem aristotélica

David Konstaz

Resumo


Pretende-se analisar textos ditos injuriosos (invectivos) e satíricos e as emoções específicas de cada um desses gêneros - raiva no caso dos invectivos e indignação no caso das sátiras - à luz da Poética de Aristóteles, comparando-os com textos tardios de Horácio e Juvenal sobre o assunto, buscando mostrar que não é acidental, na poesia, a união dessas emoções em gêneros aparentemente diversos.

Palavras-chave


invectiva; sátira; paixões; Aristóteles

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.