O Catálogo das Nereidas. Para uma arqueologia da idéia de categoria desde as formas homéricas de classificação

Fernando Santoro

Resumo


Partindo da hipótese de que toda linguagem abriga formas de conhecimento e visão de mundo, e que as formas do discurso de conhecimento filosófico e científico são transformações específicas de formas de conhecimento preexistentes, o artigo examina o Catálogo das Nereidas, em Homero e Hesíodo, como exemplo de discurso categorial, nele compreendidas as relações de subordinação, atribuição e inerência.

Palavras-chave


discurso categorial; épica; sujeito; predicado

Texto completo:

PDF PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.