A phrónesis aristotélica: breve comparação das leituras de Alasdair MacIntyre e Paul Ricoeur

Helder Buenos Aires de Carvalho

Resumo


Nosso objetivo é tematizar a tensão interpretativa presente no conceito aristotélico de phrónesis através da comparação das posições de dois grandes leitores do Estagirita em relação a essa problemática: Alasdair MacIntyre e Paul Ricoeur. Após exposição das análises de MacIntyre e Ricoeur acerca da phrónesis em Aristóteles, suas críticas e operações do conceito, ensaiamos uma apreciação crítica desse diálogo filosófico intertextual.

Palavras-chave


Aristóteles; Paul Ricoeur; Phrónesis; Ética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.