Los avatares de la σωφροσύνη y su superación en la escatología del Fedro

Luiz Alberto Fallas López

Resumo


A noção de sophrosyne, que em termos gerais sempre remete à de moderação encontra em Platão aspectos ligados à vida moral, às aretai. O amplo significado do termo que em Homero designa desde modo de vida a práticas comportamentais, passando pela obediência, práticas sociais, observância da lei, noções psíquicas de tranquilidade e quietude encontra nos diálogos platônicos uma coerência intelectiva relacionada ao conhecimento, à virtude, à ordem político-social. O que é possível ver nos diálogos platônicos, e especialmente no Fedro, é um elemento unitário da noção de sophrosyne: o cosmos, o qual aparece como seu elemento ordenador. Assim, todos os aspectos da virtude relativas a sophrosyne, como necessária bondade, regulação de excessos, regulação da alma, prudência, modo de ordenamento e disposição (musical) aparecem unidas por um conceito determinante: o de cosmos.

Palavras-chave


moderação; cosmos; virtude; alma

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.