A anámnesis em Platão

Izabela Bocayuva

Resumo


No Teeteto Platão não mais fala do conhecimento a partir da anámnesis. Ele faz isso no Ménon, no Fédon e no Fedro e indiretamente no mito de Er no fim de A República. Segundo essa relação, para o pensamento platônico, conhecer é sempre, a cada vez, reconhecer. Nesse sentido a anámnesis ou o conhecimento enquanto recordação está diretamente fundado no mito, isto é, na imortalidade da alma e na contemplação que esta faz das idéias antes de nascer.

Palavras-chave


Platão; reminiscência; reconhecimento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.