Como ler um diálogo platônico

Samuel Scolnicov

Resumo


O artigo discute o estatuto dialógico dos textos platônicos e indica algumas razões que levaram Platão a eleger essa forma de expressão. Entre elas, o texto aponta o diálogo como a forma mais apta a captar a ironia socrática e a possibilidade de dramatização do tema discutido, o que, muito além de simplesmente apresentá-lo teoricamente, situa-o em um cenário vivo, no qual urge conhecer o lugar, o contexto histórico e os personagens que o compõem. Nos diálogos platônicos, tudo que é dito deve ser tomado como pronunciamentos em seus contextos, inseparáveis de quem os pronuncia. No desenvolvimento do drama platônico, a verdade, que não pode simplesmente ser dita, pode ser apreendida através da ascese dialética.

Palavras-chave


Platão; Sócrates; Diálogo; Dialética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.