Vida filosófica e morte metafórica no Fédon

Giovanni Vella

Resumo


O centro da proposta socrática da vida filosófica, apresentada na primeira parte do Fédon, é tocar a verdade com alma e pensamento purificados para poder reconhecer as virtudes e as ideias em si. Essa experiência é um processo que antecipa metaforicamente a morte física, pois prepara o filósofo – ainda nesta vida – para a contemplação ética e noética da sabedoria absoluta, através do exercício de um raciocinar reto.

Palavras-chave


alma; corpo; morte; ética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.